IPI inicia as celebrações do Dia Mundial da Propriedade intelectual

 

 

O IPI marca hoje o início das celebrações do Dia Mundial da Propriedade Intelectual. Sob o lema “Alcançar o ouro – PI                

e o desporto” pretende-se que o mundo reflita sobre o papel da propriedade intelectual no desenvolvimento do desporto.

Por forma a celebrar esta data, o IPI organizou uma Série de actividades que terão lugar de hoje a 26 de Abril de 2019 nas cidades de Maputo e Matola respectivamente.

Campanha de registo de Direitos da PI na Matola

Decorre de Hoje a 25 de Abril na Província de Maputo uma campanha de registo de direitos da propriedade industrial cujo objectivo é incentivar os empresários que operam nesta área a proteger os sinais que identificam seus produtos e/ou serviços.Durante referida campanha uma brigada do IPI vai igualmente prestar informação sobre o estágio dos direitos já registados e alertar sobre as formas de manutenção dosmesmos.

Seminário Sobre Tratado de Budapeste

Decorreu nos dias 29 e 30 de Novembro de 2018 no Hotel Tivoli, Maputo, o Seminário sobre o "Depósito de Microrganismos para efeitos de Procedimento de Patentes ao abrigo do Tratado de Budapeste". O referido seminário foi organizado pelo IPI em colaboração Organização Mundial da Propriedade Intelectual e tinha como objectivo  disseminar  as formas de protecção internacional dos microorganismos utilizados nas invenções. 

Seminário Sobre a Propriedade Intelectual em Moçambique

O Instituo da Propriedade Industrial (IPI) realizou em colaboração com a Associação Moçambicana de Juízes no dia 29 de Outubro de 2018, no Grand Plaza Hotel - Nampula, um “seminário sobre propriedade intelectual”.
O objectivo do seminário era capacitar os juízes, procuradores e advogados em matérias relacionadas com propriedade intelectual bem como debater sobre o quadro jurídico da propriedade intelectual em Moçambique e formas de protecção dos direitos provenientes da criatividade humana.
Refira-se que a tutela dos direitos da propriedade intelectual requer o funcionamento pleno do sistema judiciário para dirimir os conflitos sobre a matéria. Para o efeito, não basta a criação de secções especializadas sobre a matéria, mas é necessária uma maior sensibilidade sobre as formas de violação dos direitos da propriedade intelectual e os danos que os mesmos comportam para a economia moçambicana.

O Presidente da República visita OMPI

O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, visitou a 26.02.2018 a Organização Mundial da Propriedade Intelectual, por ocasião da sua visita de trabalho a Genebra, Suíça. Na ocasião, Nyusi falou dos esforços de Moçambique para a promoção do desenvolvimento económico, com enfoque para a inovação. No encontro, discutiu-se igualmente sobre as relações Moçambique-OMPI bem como sobre a assistência técnica que a OMPI tem oferecido ao pais.

 

Subcategorias

Pág. 4 de 5

Breadcrumbs